Laranja Oliva lança seu segundo álbum, ‘Carta da Terra’.

Laranja Oliva acaba de divulgar Carta da Terra. Segundo disco da banda faz referência à declaração de princípios éticos da ONU e destaca a importância de vivermos em harmonia com nós mesmos, com aqueles que nos cercam e, principalmente, com a natureza.

Produzido por Hugo Silva e gravado no Estúdio Family Mob, em São Paulo, álbum tem influências de artistas como Elza Soares, Baiana System, Emicida e Lenine, sendo considerado o primeiro na história da música brasileira com proposta ambientalmente sustentável. “O álbum é a materialização do que a gente acredita como base para seguir com os nossos dias, uma experiência transformadora que impactou diretamente nossas vidas. Dizer que é o primeiro álbum sustentável do mundo parece soar pretensioso, mas não encarar dessa maneira também reduz a importância que ele tem e nós não podemos deixar de frisar isso: PRODUZIR DE MANEIRA SUSTENTÁVEL É POSSÍVEL – seja um disco, uma roupa, uma embalagem, uma ideia. É hora de mudar, de evoluir, transmutar. E o ‘Carta da Terra’ é o convite, a oportunidade”, explicam.

Capa do álbum Carta da Terra.

Capa do álbum Carta da Terra.

Somando 10 faixas e 3 interlúdios – todos incluindo fragmentos de textos do Leonardo Boff -, Carta da Terra inicia-se com Alface, faixa que apresenta a visão do agricultor. Mesmo plantando, cuidando e colhendo o alimento, muitas vezes ele é esquecido pelo consumidor final.

Em seguida, com toques de funk e maracatu, Treze traz questões mais profundas da vida. Entre elas, tecnologia e vício virtual.

Plástico retrata a crise mundial e os meios de produção em massa que estão destruindo nosso planeta.

Carta da Terra está disponível em todas as plataformas digitais. Escute aqui: youtube.com/watch?v=qrmxwmJURvA.

Sobre a banda:

A Laranja Oliva brotou na cidade de Limeira, interior de São Paulo. Sem rótulo definido, valendo-se do que seus membros incorporam da música em toda sua abrangência poética, o rock se funde ao funk, flerta com o samba, e passeia com o groove e o progressivo, sem que isso seja ortodoxamente edificado. Foram seis anos tocando na noite interiorana, ainda sob outra alcunha, cultivando a boa terra que a cidade lhes reservava para o ano de 2011. Três anos mais tarde, já com nome definitivo e sonhos multiplicados, a banda lança seu primeiro trabalho, intitulado Arroz, Feijão e Mistura.

Com esse trabalho, o grupo, formado por Sergio Moreira (voz), Guilherme Escafandro (guitarra), Thiago Val (teclado e voz), Bruno Bertoni (baixo) e Victor Bertoni (bateria), alcançou ares internacionais com o projeto “Bolívia Tour 2014”. Participaram, também, de festivais como a Virada Cultural Paulista, no palco principal, IV Festival de Música Alternativa Independiente de Santa Cruz de La Sierra e La Paz, Grito Rock, Festival R.U.A., entre outros, além de se apresentarem em Sesc e teatros e promoverem eventos que unem dança, pintura e poesia.

Com músicas autorais inspiradíssimas e versões de grandes influências de sua história, o som dançante e coeso da Laranja Oliva vem conquistando, passo a passo, seu espaço no cenário nacional independente.

A banda Laranja Oliva

A banda Laranja Oliva

Fotos: Guilherme Brito.

Comentários

Sobre o Autor /


Fotógrafo, redator e designer, escreve para o portal VIU Magazine e é produtor da revista 'VIU?'. @MaxMullerMM

Assine nossa Newsletter

Receba informações sobre a #RevistaVIU e fique por dentro das principais novidades.
Fundada em 2010 pela Alquimia Editora e Comunicação, A REVISTA VIU? atuante nos segmentos de moda, beleza, saúde, gastronomia, arquitetura, qualidade de vida, entrevista, roteiros, turismo, negócios e tecnologia vem se despontando como um grande canal de comunicação entre o público A, B e C+ atua no Planalto Central, Brasília, Pirenópolis, Anápolis, Posse, Formosa, Chapada dos Veadeiros, Alto Paraiso, Vila de São Jorge, Teresina de Goiás, Cavalcante e Goiânia.

Av. Valeriano de Castro, n° 119, Sala 01 - Galeria Santo Estevão

(61) 99676 3908

revistaviu@gmail.com