#VIU33: Mostra Altas Artes

Alunos superdotados de Sobradinho realizam exposição.

Professores do Atendimento Educacional Especializado ao Estudante com Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD) realizaram a quarta exposição artística com trabalhos dos alunos de escola pública de Sobradinho (DF).

Por DIDA BRASIL

A quarta mostra dos alunos com altas habilidades/superdotação (AH/SD) do Centro de Ensino Fundamental nº 8 de Sobradinho, foi realizada em setembro, no Espaço La Partie Sobradinho, e reuniu, além de estudantes e professores, vários apreciadores, em evento repleto de apresentações culturais.

revista viu 33 arte mostra altas artes (12)

Em ambiente de pura arte, dezenas de obras foram expostas, todas produzidas durante o ano pelos alunos, com destaque para artes digitais, robótica, esculturas, pinturas, desenhos e apresentações de teatro, dança e música. Em meio ao público, fadas e elfos perambulavam, deixando o local ainda mais encantador; as telas, distribuídas por toda parte, desde a entrada, passando pelos muros e até na parte mais alta das paredes fascinavam o público em projeções digitais fantásticas.

revista viu 33 arte mostra altas artes (10)
O professor Leandro Monteiro explica que o trabalho tem como objetivo incentivar e mostrar que é possível fazer. “O aluno chega para nós apenas desenhando. Muitas vezes ele não sabe do que é capaz e na sala ele percebe outras modalidades artísticas e vai trabalhando, por exemplo, com escultura, pintura, artes gráficas e agora a arte digital. Cada aluno com sua linguagem própria vai trabalhando de acordo com sua aptidão”.

revista viu 33 arte mostra altas artes (1)

A professora de Produção Literária e Linguagem, Rachel Rabelo, explica que o atendimento educacional especializado ao aluno com AH/SD teve início no Distrito Federal em 1976, pela extinta Fundação Educacional, hoje Secretaria de Educação, que disponibiliza o projeto em 14 Regionais de Ensino. O atendimento é realizado em sala de recursos e com planejamento de atividades específicas, que tem por objetivo o aprofundamento e o enriquecimento do processo de ensino e aprendizagem e objetiva o estímulo do potencial criador do estudante.

revista viu 33 arte mostra altas artes (5)

Em Sobradinho 196 alunos, com idades variando entre cinco e 18 anos, participam do projeto. Agrupados pelas áreas de interesse, eles convivem e se desenvolvem juntos. “É interessante a parceria em prol de uma causa, o apoio, a confiança das famílias no atendimento, o desenvolvimento das atividades, os eventos… Tudo isso é muito compensador”, ressaltou a professora Rachel, lembrando que na área de Robótica, com o Professor Alexandre David Zeitune, os alunos já representaram o DF em outros estados várias vezes, alcançando o primeiro lugar nas Olimpíadas Brasileiras de Robótica e Mostra Nacional de Robótica, destacando a escola e o trabalho realizado por todos.

revista viu 33 arte mostra altas artes (2)

“Também temos alunos que se sobressaem trabalhando com ilustração de livros e publicando obras autorais”. É o caso da estudante Maria Eduarda Balduíno que, em 2015, aos 11 anos, lançou seu segundo livro: Sapo Coragem na Igreja. Superdotada, atendida pela Professora Lucy Mary Rocha, ela fez a primeira obra, Sapo Coragem, que vendeu mais de mil exemplares, aos sete anos.

revista viu 33 arte mostra altas artes (8)

A aluna do terceiro ano, Creveline Alarcão, que está no projeto há três anos, ressalta que participar da mostra é sempre uma experiência nova. “Gosto muito porque exponho o que sinto a partir da arte e percebo minha evolução. Entrei desenhando a lápis, depois comecei a pintar em aquarela, tinta óleo e veio a modelagem em biscuit, clay e madeira. Fui passando de fase e, agora, modelagem em papel”.

revista viu 33 arte mostra altas artes (10)

Para a professora de Artes Cênicas, Gélia Pacheco, o sentimento é de realização. “Os alunos esperam muito da gente; eles chegam com uma energia enorme, e temos de trabalhar para canalizar essa força. Então, o trabalho é de colaboração, união, dedicação e muito amor. A equipe é muito unida e tudo isso culmina aqui, na exposição”.

revista viu 33 arte mostra altas artes (4)

Para os sete professores envolvidos no atendimento, a exposição também é para incentivar o aluno a crescer por meio do estudo. Contudo, o professor Leandro Monteiro enumera desafios na educação dos estudantes com altas habilidades, passando pela correta identificação do perfil desses alunos que, por terem rápida capacidade de aprendizagem, podem ser confundidos com hiperativos. Há ainda dificuldades com a falta de apoio, materiais nas salas de aula para realização do trabalho e, inclusive, espaços para exposições. “Precisamos de investimento; temos muitos talentos que chegam a determinado nível técnico que não têm como evoluir por falta de recursos, por isso precisamos de incentivo. Essa é nossa missão. Fazemos com amor, gostamos de arte, e assim ajudamos na evolução desses jovens”, afirmou o professor.

revista viu 33 arte mostra altas artes (11)

PROFESSORES DO AH/SD SOBRADINHO

Alexandre Zeitune: Robótica e Exatas.
Lucy Mary Rocha Bispo: Área Acadêmica, Atividades e Séries Iniciais.
Leandro Monteiro: Artes Visuais.
Gélia Pacheco: Artes Cênicas.
André Arraes: Música.
Rachel Rabelo: Produção Literária e Linguagem
Ana Cristina: Coordenação.

 

FRAGMENTOS:

Fragmentos é o novo espetáculo organizado pelos professores do CEF 8 de Sobradinho, sob direção e coreografia da Profª. Gélia Pacheco, direção musical do Prof. André Arraes e Cenografia da equipe AH/SD.

Blog: sobradinhoaltas.wordpress.com
Instagram: @altas_habilidades_sobradinho
Facebook: @altashabilidades.sobradinho

Comentários

Sobre o Autor /


Fotógrafo, redator e designer, escreve para o portal VIU Magazine e é produtor da revista 'VIU?'. @MaxMullerMM

Assine nossa Newsletter

Receba informações sobre a #RevistaVIU e fique por dentro das principais novidades.
Fundada em 2010 pela Alquimia Editora e Comunicação, A REVISTA VIU? atuante nos segmentos de moda, beleza, saúde, gastronomia, arquitetura, qualidade de vida, entrevista, roteiros, turismo, negócios e tecnologia vem se despontando como um grande canal de comunicação entre o público A, B e C+ atua no Planalto Central, Brasília, Pirenópolis, Anápolis, Posse, Formosa, Chapada dos Veadeiros, Alto Paraiso, Vila de São Jorge, Teresina de Goiás, Cavalcante e Goiânia.

Av. Valeriano de Castro, n° 119, Sala 01 - Galeria Santo Estevão

(61) 99676 3908

revistaviu@gmail.com